• Página inicial
  • Atualizados
  • Multiplayer
  • Tela dividida
  • Jogos leves
  • Lista de tags
  • Doar
  • ARIA CHRONICLE

    [ARIA CHRONICLE World View]

    Uma princesa do reino Tamageria, Aria, fez sua peregrinação com Paladin Tila e a secretária Gerom até a beira do vilarejo, Latebra,
    e ela notou que Lord Tyler estava desaparecido quando ela chegou lá, e Aria e suas empresas descobriram aquela organização misteriosa, Cult estava envolvida nesse caso e brigava com a denominação.
    No meio dessa jornada, você percebe a identidade dos anciãos em Latebra com a verdade do passado e o poder oculto em Aria. Vamos explorar esta história emocionante!

    [Personagens e monstros únicos]

    Ao contrário de sua aparência inocente, a heroína, Aria é uma princesa com uma empresa,
    vontade justa. A assessora de Aria, Tila, uma paladina feminina, tem um corpo alto e sólido, equipado com uma armadura grossa e forte.
    e seu companheiro, Gerom é um jovem funcionário travesso - há indivíduos únicos e distintos no jogo.
    Os monstros em Dungeon também são feitos de designs únicos. Às vezes eles parecem fracos, mas têm seus próprios movimentos letais,
    para que os elementos de recuperação dos jogadores sejam distribuídos em todos os lugares.

    [Sistema profundo de estratégia com flexibilidade]

    O jogo oferece flexibilidade e será um desafio para os jogadores prever o que está à frente deles enquanto estiver jogando.
    A estrutura básica do jogo é que Aria festeja com heróis, que têm mais de uma dúzia de tipos de habilidades e lança os ataques em masmorras, mas possui um sistema altamente livre, que permite escolher 14 ocupações distintas e até faça diferentes árvores de habilidades para criar seus próprios heróis.



    As masmorras também são criadas aleatoriamente; portanto, você deve explorar o mapa novamente toda vez que passar por uma missão.


    No combate, é necessário um pensamento estratégico para permitir que seus colegas exerçam seu poder de combate adequadamente,
    como o caso de deixar o herói sozinho em coma, depois a morte ou a perda de sua habilidade degradada por sua missão, ou a partida da batalha como ele quiser.
    O fato natural de que os humanos se cansam e se machucam enquanto continuam a lutar repetidamente, é bem refletido neste jogo, de modo que
    jogadores podem desfrutar de uma verdadeira batalha!




    ARIA CHRONICLE faz você mergulhar na história, com a expressão rica e completa de gráficos e personagens animados!
    Para aqueles que desejam desfrutar de RPGs baseados em turnos adequadamente ou experimentar todos os elementos de entretenimento, incluindo histórias de alta qualidade, monomitos, batalhas cheias de ação, aventuras e suspense, experimente o ARIA CHRONICLE, o jogo que faz você se sentir animado só de ouvir sobre isso!

    Experimente este jogo de role-playing estratégico baseado em turnos!
    Encontre-se explorando uma pequena vila no campo, onde você pode experimentar a grande história e a verdade oculta que ela possui!
    Mínimos:

    • SO: Windows 7
    • Processador: Intel Pentium G630 @ 2.70GHz
    • Memória: 4 GB de RAM
    • Placa de vídeo: Intel HD Graphics
    • DirectX: Versão 11
    • Armazenamento: 1 GB de espaço disponível
    1. Baixe o jogo, caso tenha dúvidas de como baixar clique aqui.
    2. Baixe o emulador Daemon Tools se você usa Windows 7, a partir do Windows 8 está incluso o emulador então é só clicar duas vezes no arquivo com extensão ".iso".
    3. Instale o jogo executando o arquivo "setup.exe", escolha diretório de instalação e prossiga com a instalação.
    4. Após finalizar a instalação, Abra o Disco do jogo (ISO) e procure pela a pasta PLAZA, copie tudo dentro dela e cole no diretório raiz do jogo, Local onde o jogo foi instalado.
    5. Agora basta iniciar o jogo como administrador com o atalho que foi criado na área de trabalho.
      Se você gosta do jogo apoie o desenvolvedor comprando o jogo aqui
    Inglês, Japonês*, Coreano, Chinês simplificado, Chinês tradicional
    *idiomas com suporte total de áudio

    Não temos | | |